Pages

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Coité – Crescentia Cujete



Tipo:                 Planta ( Árvore).
Sinonímias: Crescentia acuminata Kunth, Crescentia angustifolia Willd. ex Seem.,     Crescentia fasciculata Miers.
Família:          Bignoniaceae.
Altura:             7 m (em média)
Diâmetro:       4 m.
Clima:              Tropical, Tropical úmido.
Origem:           América do Sul, América Central, Antilhas.
Época de Floração: Verão, Inverno, Primavera.
Propagação: Sementes.
Mes(es) da Propagação: Verao.
Persistência das folhas: Permanente.

CARACTERÍSTICAS


Árvore perene de porte médio podendo chegar  até 12 metros de altura, com ramos longos, pendentes e cobertos por folhas em toda a sua extensão. As folhas são simples, inteiras, alongadas, de diversos tamanhos, cor verde-escura e brilhante.


Não forma uma copa frondosa. As flores são relativamente grandes, hermafroditas (têm os dois sexos na mesma flor), formadas ao longo do tronco e ramos de cor branco-amarelada. Os frutos são ovóides ou arredondados, cor verde-clara, com 15 a 30 centímetros de diâmetro.

As cascas dos frutos tornam-se marrom-negros quando maduros e bem duros. A polpa é amarelada e contém muitas sementes. A planta se desenvolve e frutifica bem em condições de temperatura quente a amena, não tolera regiões frias sujeitas a geada.

Na época de sua frutificação a quantidade de frutos é tão grande que os seus galhos vergam ao peso dos mesmos. Há uma lenda popular de que, amarrando-se pedras nas pontas dos galhos, a frutificação ainda é maior. 

A propagação é feita principalmente por sementes e pode ser feita também por enraizamento de estacas. A planta tem um lento crescimento, mas após alguns anos produz vários frutos grandes arredondados que despertam curiosidades.

USO
A madeira é própria para carpintaria, varais de carroça, marcenaria, carroçaria, selas e cabos de instrumentos. Essa madeira, em contato com a umidade apodrece rapidamente.  


Os frutos, depois da retirada da polpa e secos, podem ser usados como recipientes domésticos, chocalhos, cuias, pratos e colheres rústicos. Do fruto ainda se obtém matéria tintorial, que serve para tingir a seda e o algodão; suas dimensões são enormes e sua casca é muito dura, servindo para fazer vasilhas, utensílios de cozinha, instrumentos musicais e outros objetos de uso doméstico.

A planta é adequada para plantio em parques e jardins, pelo exotismo de seus frutos gigantes, semelhantes à melancia, no tronco e nos ramos. As sementes podem ser consumidas, se cozidas ou torradas.

Esta planta, que contém propriedades terapêuticas, também é considerada venenosa, pois, contém ácido cianídrico. Todavia, o decocto e o extraio da casca são muito eficazes para a cura da enterite membranosa e da hidropsisia; o suco já foi muito empregado na Medicina caseira como antispasmódico e antitétanico e é nocivo aos suínos; a polpa do fruto ainda verde, embora amarga e até mesmo corrosiva, é eficiente contra a hidrocele, sendo ainda que, reduzida à calda açúcarada, torna-se um remédio febrífugo, purgativo e expectorante, muito útil contra a clorose e as doenças que afetam as vias respiratórias.

Ainda em tempos remotos, outras virtudes medicinais lhe eram atribuídas como, por exemplo, benéfica para a cura da erisipela e diversas moléstias da pele, para a facilitação de partos e extração das secundinas, método usado pelos índios que aplicavam as folhas aquecidas sobre o ventre das parturientes.

Na França era com essa polpa fabricado um xarope (sirop de Cale-vasse) que teve muita voga em toda a Europa. Quando a polpa já está madura tem aplicação como remédio abortivo sobre o gado que a come em época de escassez, mas também é usada em cataplasmas para acalmar as dores de cabeça.

Fonte:
http://www.plantasonya.com.br
http://www.paisagismodigital.com
http://www.esalq.usp.br/trilhas/medicina/am04.html


10 comentários:

  1. Olá sou apaixonada por cabaça e queria saber onde encontrar mudas desta de arvore.Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebi uma fruta dessa para analisar e realmente bateu todas as características e as plantas estão frutificando e fica perto da cidade de Urandi-ba.
      vou deixar meu e-mail para qualquer eventualidade a respeito Coité – Crescentia Cujete. joaoezequielfilho@hotmail.com

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Consegui uma muda de Coité com o pessoal do IBAMA na Cidade de Santarém no Pará. Foi um trabalho pra trazer a muda no avião pra Bahia. Temos uma cidade no interior da Bahia chamada Conceição do Coité mas não sei dizer se lá fornecem mudas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coité – Crescentia Cujete. Um amigo me trouxe uma fruta dessa planta para analisar e de acordo com a classificação botânica e suas características das sementes, polpa, casca e árvore em sua totalidade foi possível chegar a uma análise de 100% e dentro de pouco tempo estou já fazendo as mudas para distribuição. E-mail: joaoezequielfilho@hotmail.com

      Excluir
  4. Realmente não é muito fácil encontrar.

    ResponderExcluir
  5. https://www.facebook.com/marceloresendebiologo
    EU TENHO MUDAS DE COITÉ
    BURITIS, MG NOROESTE DE MINAS

    ResponderExcluir
  6. Amo essas coisas diferentes! Nossa cultura 'e muito rica!

    ResponderExcluir
  7. Queiro detalhes sobre as estacas para plantar coite , tamanho , quanto tempo levam para aparecer as raices. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As mudas propagadas por estacas lenhosas de 1,5 cm de diâmetro por 25 cm de comprimento, iniciam a frutificação com 2 anos, enquanto plantas oriundas de sementes começam a frutificar com 4 a 5 anos após o plantio. Um forte abraço!

      Excluir

Obrigado pela sua participação!

 

Blogger news

Nº de Visualizações

About