Pages

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Conheça as 10 árvores mais famosas do mundo!


O Cipreste Solitário


Este Cipreste solitário se tornou o simbolo da acidentada costa norte da Califórnia. Com cerca de 250 anos, o cipreste, na verdade antecede a maior parte dos assentamentos da região. Inumeras batalhas legais já foram travadas por pessoas requerendo a guarda do famoso Cipreste solitário.

O Carvalho Gigante

Este enorme carvalho com cerca de 800 anos, vive nas florestas de Sherwood da Grã-Bretanha. Segundo a lenda local, o carvalho gigante foi usado como abrigo por Robin Hood e seus homens, seu tronco oco é um esconderijo perfeito. Em 2002, o Carvalho Gigante foi eleita árvore simbolo da Grã-Bretanha. Nos últimos anos, a polícia tem reprimindo pessoas que vendem as sementes do velho carvalho, via internet e para todo o mundo.

A árvore prisão

Este Baobá era usado como uma prisão temporária pela polícia da Austrália, quando transportavam prisioneiros aborígenes das suas casas para campos de trabalho no final do século 19. Hoje em dia, a árvore serve como um lembrete de tempos que ficaram para tráz.

A árvore da vida

Milhares de turistas viajam para o deserto do Bahrein para conhecer uma solitária algaroba, considerada um milagre da natureza. Conhecida como “A Árvore da Vida” , extraordinariamente saudável, ela cresce em meio ao deserto sem qualquer evidência de água.
Até hoje, ninguém está realmente certo de como a árvore conseguiu sobreviver no meio de um deserto árido, sem nenhuma outra vegetação ao redor. Como se diz: Onde há vida, há esperança, e A Árvore da Vida, é fonte de esperança a todos que a visitam.


Árvore Candelabro

Durante a década de 1930, o progresso e as florestas do norte da Califórnia Redwood se cruzaram, no caminho das estradas se encontravam árvores centenárias, nas quais túneis foram esculpidos para permitir a passagem dos carros. Hoje em dia, Árvores Drive-thru como esta, tornaram-se símbolo de uma época onde o progresso e a natureza estavam em conflito direto. Desta época para cá o conflito do homem com a natureza só fez crescer.

A árvore de Anne Frank


Conhecida como a árvore de Anne Frank , este espécime imponente deu esperança a mais famosa diarista do mundo durante os anos da clandestinidade desde sua captura pelos nazistas. Frank descreve a árvore em O Diário de uma rapariga: “Quase todas as manhãs vou ao sótão para soprar o ar abafado de meus pulmões, do meu lugar favorito no chão, eu olho para o céu azul e a castanheira desfolhada , em cujos galhos brilham pequenas gotas de chuva, como prata, e com as gaivotas e outros pássaros que deslizam no vento. Enquanto isto existir, eu pensei, e eu possa viver para vê-lo, este sol, o céu sem nuvens, enquanto isto durar não poderei ser infeliz. “

As árvores da lua

Em 1971, os astronautas da Apollo 14 Stuart Roosa carregava consigo centenas de sementes de cinco diferentes tipos de árvores para a lua como parte de uma experiência para o Serviço Florestal dos EUA .
De volta à Terra, quase todas as sementes germinaram. Hoje, as ”Árvores da Lua” se encontram espalhadas por todo o mundo, até mesmo no Brasil.

Árvore do Buda


Poucas árvores na Terra têm o significado espiritual da Árvore Bodhi no leste da Índia. De acordo com textos antigos, Sidarta Gautama, fundador do budismo, passou uma semana olhando para uma árvore de Bodhi, neste local, em gratidão por ter conseguido alcançar a iluminação. A árvore tornou-se um local sagrado para os Budistas, atraindo peregrinos de todo o Mundo. Depois que a árvore morreu, foi substituída por uma descendentes direta.

Hyperion – A rainha das árvores

Hyperion é o nome da árvore mais alta da Terra, com 115 metros de altura. Se trata de uma sequóia e foi descoberta no Parque Nacional Redwood, ao norte de São Francisco, por cientistas americanos, que se dedicaram a percorrer estas florestas localizadas na região litorânea da Califórnia.
A Califórnia também é o berço da árvore mais volumosa do mundo, a sequóia gigante (General Sherman), no Parque Nacional das Sequóias, e da mais velha, chamada Matusalém, que tem cerca de 4.650 anos.

Cedros de Deus


O mais famoso bosque de árvores do Líbano, conhecido como os Cedros de Deus, teve um papel tão importante na história, sendo mencionado diversas vezes na Bíblia. Estas árvores estão localizadas em um local remoto, e são tudo o que restou de uma enorme floresta de cedros, que foi amplamente desmatada ao longo da história pelo homem, desde os Reis Salomão, Nabucodonosor.
A citação da Bíblia mostra a reputação alcançada por estas árvores: “As árvores do Senhor são bem regadas, os cedros do Líbano que ele plantou.”

Árvore mais antiga do Brasil

A árvore mais antiga do País é um jequitibá-rosa do Parque Estadual de Vassununga, que se localiza no município de Santa Rita do Passa Quatro, a 253 km de São Paulo. Com aproximadamente 3 mil anos de idade, a árvore tem 40 m de altura e cerca de 3.60 m de diâmetro.
Segundo a Prefeitura do município, a quantidade de madeira produzida por este jequitibá-rosa seria de 190 m3, o que poderia construir aproximadamente 15 mil cadeiras. Estima-se que o exemplar é do ano de 1020 a.C..

Retirado de: 
www.viverdeeco.com

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

 

Blogger news

Nº de Visualizações

About