Pages

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Cica - Cycas revoluta



Nome popular: Cica; Sagu; Palmeira-sagu; Sotetsu.
Nome científico: Cycas revoluta.
Família: Cycadaceae.
Origem: Japão e Indonésia. 
Altura: 3.0 a 3.6 metros

Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
Ciclo de Vida: Perene
Vedete dos jardins contemporâneos e tropicais, a cica se parece com uma pequena palmeira. Suas folhas são longas, rígidas e brilhantes, compostos por folíolos pontiagudos.  As Cycas, único gênero nessa família, são verdadeiros fósseis vivos, tendo sido muito abundantes no período jurássico. Tem crescimento bastante lento, o que a torna muito valorizada no mercado. Quanto mais velho o exemplar, maior valor alcança. Os ovários, que ficam protegidos no topo da planta fêmea durante a floração, são muito difíceis de serem polinizados, desta forma, praticamente 100% dos frutos obtidos no jardim residencial são estéreis. 
São divididas entre machos e fêmeas, sendo que as machos possuem menos manchas nas folhas. Possuem crescimento muito lento, de aproximadamente 1 a 2 cm por ano, o que garante altos preços no mercado.
No paisagismo, vai bem como planta isolada e em conjuntos no jardim ou em vasos. Deve ser cultivada a pleno sol ou meia-sombra, em terra de jardim enriquecida com composto orgânico e areia, formando uma mistura leve e permeável. As regas devem ser regulares. É muito rústica, mas pode ficar suscetível a cochonilhas em locais de pouca luminosidade. Multiplica-se por separação das mudas formadas entorno da planta mãe. A multiplicação por sementes é muito difícil e só é interessante comercialmente, pois exige tecnologia e pessoal especializado.
Cuidados: As cicas se desenvolvem melhor em locais bem iluminados, sendo recomendável o plantio em sol pleno. Em climas mais quentes ela pode ser plantada na meia-sombra. Podem ser plantadas tanto em climas quentes como em climas frios. Suportam bem o frio e condições secas e úmidas.

São geralmente pouco sensíveis à falta d'água. Devemos regá-las com mais freqüência nos períodos após o surgimento de novas folhas, mas evite deixar o solo encharcado.

As Cicas também não apreciam regas por aspersão nas folhas. O ideal é que se regue apenas a terra no entorno da planta e sempre se espere secar bem entre as regas, pois é uma planta de clima seco e muito sensível ao excesso de umidade.
Como reproduzir: Sua reprodução pode ser feita por sementes, cuja germinação e crescimento é muito demorado (podendo levar anos a germinar), ou por separação das brotações laterais. Vale lembrar que as brotações, depois de retiradas, devem ser secadas por vários dias em local fresco e seco para que não haja apodrecimento após o plantio.
Problemas mais frequentes e suas causas:


  • Pontos brancos ou amarelos nas folhas, escamas cerosas ou algodonosas, teias finas.

Causa: Cochonillhas, aranha-vermelha ou fungos (Alternaria ou Cercospora). É um dos problemas mais freqüentes em Cicas, geralmente é causada por excesso de regas, combinada com falta de luminosidade e drenagem deficiente.

  • Folhas com extremidades amarronzadas ou queimadas.

Causa: Ventilação insuficiente. Mude a planta para um local mais ventilado.

  • As folhas perdem a cor e secam.

Causa: Falta de luminosidade, frio ou excesso de umidade.

  • Folhas com extensas manchas descoloridas.

Causa: Congelamento por geadas, neve ou frio intenso. Neste caso é melhor prevenir, protegendo a planta com mantas ou plásticos. A planta emitirá novas folhas saudáveis na primavera e verão.

  • Folhas jovens e brotações novas amarelando.

Causa: Adubação em excesso ou substrato muito pobre em nutrientes.Folhas adultas, inferiores, amarelando. Causa: Adubação ou irrigação demasiada.

  • Queimaduras nas folhas.

Causa: Mudança muito brusca de luminosidade e umidade. Geralmente quando a planta sai de um viveiro sombreado ou de ambientes internos e a colocamos sob sol pleno. Agroquímicos aplicados sob sol quente também podem provocar queimaduras nas folhas.

  • Pequenas manchas amarelas e extremidades das folhas secas.

Causa: Carência de potássio (K). Neste caso convém aplicar uma suplementação com cinzas (sem sal) ou adubos químicos ricos neste elemento.

  • Folhas jovens retorcidas.

Causa: Falta de luminosidade.

  • Folhas jovens retorcidas e folhas velhas com pontos brancos e pretos.

Causa: Doença viral – nepovírus (mosaico). Não há cura.

  • Escamas do tronco caindo, bolinhas cor-de-café pulvurulentas no tronco.

Causa: Ataque de cupins. A aplicação de inseticidas específicos nos túneis, seguido de ensacamento da planta (impede que os cupins fujam e auxilia na ação do produto).

Fontes:
http://www.jardineiro.net
http://www.plantasonya.com.br
http://www.cultivando.com.br



4 comentários:

  1. como salvar meu pe de cica
    pois ele começou apodrecer porque recebeu muita agua
    tem jeito de salvar
    como me ajude.

    ResponderExcluir
  2. como salvar meu pe de cica
    pois ele começou apodrecer porque recebeu muita agua
    tem jeito de salvar
    como me ajude.

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo.
    No seu blog, você informa que "Vale lembrar que as brotações, depois de retiradas, devem ser secadas por vários dias em local fresco e seco para que não haja apodrecimento após o plantio." Quantos dias é o necessario? As brotações na minha Cica tem de 20 a 30cm.
    Obrigado e parabéns pelo blog.

    Claudinei

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!

 

Blogger news

Nº de Visualizações

About